• StartupExperience

Startup Revela Planos Para Lançar HOTEL Espacial de LUXO em 2021


A startup Orion Span pretende lançar o “primeiro hotel espacial de luxo” em 2021. A estrutura, batizada de Aurora Station, promete oferecer “uma experiência autêntica de astronauta” aos hóspedes, que poderão sentir os efeitos da “gravidade zero”, aprender a cultivar comida no espaço e assistir a aurora boreal.


O hotel espacial será do tamanho da cabine de um grande jato particular (13,3 por 4,3 metros). Além disso, terá um volume pressurizado de 160 metros cúbicos. Em termos comparativos, a Estação Espacial Internacional (ISS) tem 109 metros de comprimento. E um volume pressurizado interno de 916 metros cúbicos.


A estrutura acomodará até seis hóspedes por vez, incluindo dois membros da tripulação. Segundo o site oficial da Orion Span, as acomodações serão luxuosas e incluirão suítes privativas para um casal, além de conter um grande número de janelas para que os hóspedes assistam a aurora boreal “de camarote”.

A estrutura acomodará seis hóspedes, incluindo dois membros da tripulação (Crédito: Orion Span)

Hotel espacial

A Aurora Station orbitará uma altitude de 320 quilômetros. É um pouco abaixo da ISS, que orbita a 400 quilômetros acima da Terra. Contudo, não está claro como seus futuros ocupantes chegarão até lá. Para se ter uma ideia, nem mesmo a NASA consegue hoje enviar astronautas à ISS, ficando a mercê da nave russa Soyuz.

Nossa visão de longo prazo é vender o espaço real nesses novos módulos. Estamos chamando isso de condomínio espacial. Então, seja para viver ou sublocar, essa é a visão do futuro – Frank Bunger (CEO da Orion Span)

De acordo com a Orion Span, os passageiros terão de concluir um treinamento antes de se aventurar no espaço. O programa terá uma duração mínima de três meses. O período, na concepção da startup, será suficiente para que os hóspede desfrutem com segurança a estadia na Aurora Station.

Só para ilustrar: a Aurora Station orbitará uma altitude de 320 quilômetros (Crédito: Orion Span)

E quanto custará a “brincadeira”? Bem, embora a Orion Span pretenda tornar o espaço “acessível a todos”, a tal “acessibilidade” não é observável no preço da hospedagem: uma estada de 12 dias a bordo da luxuosa Aurora Station terá um custo aproximado de US$ 9,5 milhões.

Nosso objetivo é tornar o espaço acessível a todos, continuando a gerar maior valor a um custo menor Frank Bunger (CEO da Orion Span)

Além da Orion Space, a Axiom Space e a Bigelow Aerospace divulgaram intenções de lançar hotéis em órbita, respectivamente em 2020 e 2021. Ao que tudo indica, em breve o espaço não será apenas dos astronautas, mas também das pessoas com confortáveis condições financeiras para explorá-lo.

16 visualizações
logo-rapadura-valley-white

Este site visa estimular o desenvolvimento, engajamento, impulsionamento, evangelização, informação e eventos de inovação aberta, voltado ao ecossistema empreendedor, conectando jovens talentos - e suas ideias mirabolantes - a empresas que buscam por soluções inovadoras.

Aceitamos parcerias nacionais e internacionais com outros produtores, empresas e orgãos governamentais desde que respeitados nossos propósitos, valores e ética.

Contato

Social

  • Instagram

2018-2020 Copyright ©  Startup Experience - Proibido cópia ou reprodução sem autorização prévia - Todos os direitos reservados